Preconceito, discriminação e racismo

Qual a relação entre eles?

Preconceito vem de ‘pré-conceito’, significa conceituar uma pessoa ou grupo de pessoas sem conhecer seus hábitos e personalidade.

Discriminação significa diferenciação. Fazer uma distinção. Dentre os significados da palavra, estamos focando no significado mais popular, chamado ‘discriminação sociológica’. Ela pode ser aplicada de várias formas, dentre elas a discriminação social, religiosa, racial, sexual, política, ou até mesmo a discriminação pela nacionalidade. E todas essas formas levam à exclusão social.

O Racismo nada mais é que um termo dado à discriminação racial. Uma vez que você discrimine alguém pela cor, você está sendo racista.

Por Brian A. Moreira

As pessoas tem ficado cada vez mais extremistas quando se trata de preconceito ou discriminação. Vejo pessoas sendo acusadas de preconceito apenas por defenderem suas doutrinas e pensamento. Tome como exemplo o preconceito por gays, que ainda é muito forte na sociedade. Hoje em dia uma pessoa hetero não pode dizer em público que não apóia o homossexualismo sem ser taxado de preconceituoso. Mas ela não está sendo. Estaria se esta pessoa passasse a tratar mal as pessoas gays ao seu redor em prol desse conceito.

Racismo

Hoje em dia o assunto do ‘racismo’ é muito voltado aos negros, devido a tudo que a raça negra (Não estou falando do grupo) já passou ao longo da história. Mas o racismo não se aplica somente aos negros. Racismo se aplica a qualquer pessoa, de qualquer cor (seja ela escura, clara, parda, azul, colorida, tons de cinza ou o que for). Porque eu não acho correto, uma vez que um branco discriminou um negro, e este ser repreendido, não acontecer o mesmo se um negro discriminar um branco. É preciso perceber que, se um negro opta por não socializar com brancos pelo único motivo de serem brancos, isso TAMBÉM é racismo.

Cota

Outra coisa que me incomoda sobre o racismo, é a insistência que negros tem em defender as cotas. Por que isso? Por acaso negros tem menos capacidade de entrar em uma faculdade que brancos? Por acaso brancos são mais espertos, e por isso, negros merecem um empurrãozinho para conseguirem também? NÃO! Então, por que cargas d’água existem cotas (para negros)? Cotas deveriam ser focadas por exemplo, para pessoas com menor renda financeira. Porque muitas delas sim, não tiveram condições e tantas oportunidades de chegarem lá.

Novamente, o Brasil ainda é muito manchado por seu passado, e a sociedade acha que beneficiar os negros de hoje dará algum conforto pelo sufoco que eles passaram no início da colonização e em outros momentos da história.

Então, leitor, cabe a você decidir qual sua definição de racismo. E sendo assim, opinar se cota é de certa forma uma discriminação racial. Mas não deixe de refletir sobre o assunto. Lembre que todos nós somos igualmente capazes de fazer qualquer coisa. Tome Obama e Mandela como exemplos, caso ainda ache que negros são menos capazes que outros.

Pugs possuem tendência ao ativismo.

Por Higor A. Schumaker

Quando você diz que “Não vai com a cara da pessoa” sem conhecê-la, isso é um pré-conceito que você tem a respeito de tal pessoa. Já o racismo e alguns tipos de discriminação são ruins no sentido de qualificar a pessoa, por exemplo, você vê uma pessoa ouvindo funk e pensa/diz: “Esse é favelado”. Isso é o preconceito que você cria com as pessoas que ouvem funk!

Se pegar a mesma frase do exemplo e alterar o contexto assim: “Você vê um negro ouvindo funk e pensa/diz: esse é favelado”. Agora já é racismo, mas então aquilo também não deveria ser crime? Afinal a ideia é a mesma, só mudam as pessoas. Estranho né!? Isso é discriminação, só porque é com um negro é crime? Não digo que é errado ser crime não, até porque conheço negros que já passaram por algumas situações absurdas devido ao preconceito de outros.

As pessoas tem que aprender a diferir o que é o que é racismo do que não é, e aprender que chamar uma favela de comunidade não vai mudar a realidade das pessoas que moram lá.

Tem sempre alguém pra dizer: “Ah! Não é favela, é comunidade!” Ou “Não é negro, é afrodescendente!” Se você quer chamar a favela de comunidade, acho lindo isso, mas você só está encobrindo a realidade de que vive lá, pois a COMUNIDADE continua sem saneamento básico e com vários outros problemas pelo quais você provavelmente nem liga! Apesar de se preocupar com o nome né!? Engraçado isso, meio contraditório! Chamar um negro de afrodescendente; esse nome é lindo ó: AFRODESCENDENTE… Maravilhoso esse nome, mas não faz diferença alguma: É negro sim e negro brasileiro! Isso não é preconceito, é a realidade, exemplo: “Fulano é muito gente boa! –Qual deles? –O negro”. Só estou especificando qual é! Algum problema? Fui racista? É a pura realidade se foi real demais para você, me desculpe, mas alguém tem que falar!

A todos nossos amigos gays, negros, coloridos ou tons de cinza. Até uma próxima matéria selvagem!

24/07/2012

Gostou? Compartilhe!

Higor A. Schumaker

Higor Alves Schumaker

Programador e suporte de sistemas. Aficionado por carros. Um fps ao som de Linkin Park sempre cai bem.

Contato / Mídias sociais

  • Social Media
  • Social Media

Brian A. Moreira

Brian A. Moreira

Hipotético designer e ilustrador. Diretor do Selvageria. Overthinker, coffee addict and cinema lover. Tudo isso ao som de Beatles!

Contato / Mídias sociais

  • Social Media
  • Social Media
  • Social Media
  • Social Media