A cultura do medo

Ah! O medo, sentimento esse que pode nos deixar louco. Quando estamos assim, amedrontados, fazemos coisas que podem parecer inacretáveis ou até mesmo insanas, mas convivemos com o medo o tempo todo e muitas vezes nem percebemos isso.

Medo

É duro perceber, mas desde sempre temos essa cultura entre nós. Isso mesmo, desde quando nascemos e, é necessária para manter a ordem, porém há certas pessoas que usam isso erroneamente. Provavelmente vocês devem estar pensando: “Como assim?”. Bem, vou tentar demonstrar; quando você é uma criança e faz algo errado seus pais lhe castigam para que você não repita aquilo, pelo medo de ficar de castigo ou como era antigamente de “apanhar”. Até aí, não há problema nenhum está mais do que certo, do mesmo jeito que existem as leis das quais são punições para que, caso faça algo errado seja punido, ou seja, desde pequenos aprendemos a “viver” dentro das “leis” que nos são empostas ou que serão no futuro.

Precisamos disso, é um mal necessário para que possamos ser pessoas dignas, mas algumas coisas estão muito erradas como o ladrão nos impõe medo, através da arma. Isso é errado? Sim mas também é, de certa forma, normal afinal ele quer nos intimidar para nós “aceitarmos” ao sermos roubados. Aí é que vem o problema, quando você vê que alguém foi morto após ter reagido a um assalto em um jornal ou noticiário sempre aparece assim: “fulano morreu porque reagiu ao assalto!”. Agora para e pensa, não parece que o bandido é, de certo modo, inocentado? Principalmente se aparece um policial e diz: “ah, ele morreu porque reagiu ao assalto, por favor, quem estiver assistindo não reaja a assaltos!”

Não sei o que vocês pensam a respeito disso, mas se um bandido estiver assistindo o que ele DEVE pensar é o seguinte: “beleza, se ele reagir eu posso matar!”. Cara eu fico completamente louco quando vejo isto, será que ninguém percebe isso, que dá a impressão de que o culpado é o cara que reagiu? É sério queria encontrar um desses repórteres em algum lugar pra falar umas “verdades” para eles. Imagina como não fica a família dessa pessoa quando vê algo desse tipo?

As pessoas tem que pensar não no que vão dizer, mas sim como as pessoas vão entender, que ideia essa frase está passando. Nós já vivemos com medo, de morrer, de sofrer, de fazer algo errado, de ser assaltado, de reagir a um assalto, não estou dizendo que tem que reagir, mas no momento do medo somos capazes de fazer qualquer coisa, é difícil pensar quando estamos com medo e eu quero que caso alguém reaja não leve a culpa ou, pelo menos, que ninguém diga que foi sua culpa. Afinal se você agiu, seja de forma certa ou errada, não quero saber, eu quero é que culpem as pessoas certas e não as pessoas que são vitimas e, além disso, vivem com medo, a culpa é do vagabundo, para não dizer nada pior, que matou e não da pessoa que reagiu. E espero que a policia, ao invés de jogar a culpa nos inocentes faça algo para mudar essa realidade na qual já temos medo até demais.

Talvez seja até irônico, mas gostamos de ter medo, não é à toa que existem tantos filmes de terror e que fazem tanto sucesso.

E nos vemos na próxima matéria selvagem.

06/01/2014

Gostou? Compartilhe!

Higor A. Schumaker

Higor Alves Schumaker

Programador e suporte de sistemas. Aficionado por carros. Um fps ao som de Linkin Park sempre cai bem.

Contato / Mídias sociais

  • Social Media
  • Social Media